No sul da Puglia, o Salento é conhecido mundialmente pelas praias e grutas dos litorais Jônico e Adriático, pelo barroco de Lecce e pelas cidadezinhas que estão entre as mais belas da Itália.

Em primeiro lugar, o Salento, conhecido como Terra d’Otranto até a união da Itália, compreende toda Lecce e parte das províncias de Brindisi e Taranto. Em outras palavras, começa em Ostuni, no litoral Adriático, e em Taranto, no litoral Jônico, e vai até o extremo sul da Puglia, Santa Maria di Leuca. São mais de 200 km de litoral, logo não vai dar para conhecer tudo em tão pouco tempo. Por isso, criei o Roteiro de 5 dias na Puglia – Salento com as principais cidades, mas se você tiver mais tempo, acrescente no seu roteiro algumas cidades e atrações dos arredores.

 

 

Roteiro de 5 dias na Puglia – Salento - Lecce - barroco

Roteiro de 5 dias na Puglia – Salento: 1° Dia – Lecce

Lecce, a capital do Salento, é famosa, principalmente, pela arquitetura barroca e conhecida como a Florença do Sul. Lecce é a minha base preferida para conhecer o Salento porque é equidistante entre Otranto, no litoral Adriático, e Gallipoli, no litoral Jônico, outras duas alternativas de base. Além disso, passam por ali as principais estradas para as outras cidades. Nos arredores, visite a cidade medieval fortificada de Acaya e a Riserva Naturale Le Cesine, em Vernole. Enquanto, na Marina di Melendugno no Adriático, a piscina natural da Grotta dela Poesia, as praias de San Foca e Torre dell’Orso e as falésias de Torre Sant’Andrea.

 

Roteiro de 5 dias na Puglia – Salento - Otranto

Roteiro de 5 dias na Puglia – Salento: 2° Dia – Otranto

O Castelo Aragonese se funde com o muro que circunda o centro histórico de Otranto. A catedral conserva o maior pavimento em mosaico da Europa. Fora do centro, as belíssimas Praia de Alimini e Baia dei Turchi.

Mais ao sul, o farol no Capo d’Otranto é o ponto mais oriental da Itália. Porto Badisco conserva as pinturas pré-históricas na Grotta dei Cervi. Santa Cesarea Terme é conhecida pelas águas termais. O litoral Adriático é repleto de grutas marítimas, por exemplo, a Zinzulusa, em Castro, a belíssima Grotta Verde, em Marina di Andriano; e a Grotta Azzurra, em Marina di Novaglie. Por fim, o extremo sul da Puglia marcado pelo farol de Santa Maria di Leuca.

No interior, Martano é a capital da Grécia Salentina, zona que ainda mantém o Griko, um dialeto neo-grego. Giurdignano tem uma das maiores concentrações de dolmens e menires da Itália.

 

A Torre Rivellino do Castello di Gallipoli .

Roteiro de 5 dias na Puglia – Salento: 3° Dia – Gallipoli

Gallipoli, a Pérola do Mar Jônico, possui a cidade velha em uma ilhota. Enquanto, a Baia Verde e a Praia de Punta della Suina são famosas pelas suas belezas naturais e pelos lidos que se transformam em discoteca à noite.

Ao norte de Gallipoli, a Baia di Uluzzo, em Porto Selvaggio, é considerado um dos lugares paradisíacos do Salento. Porto Cesareo é a capital da pesca salentina, onde estão as praias de Torre Lapillo e Punta Prosciutto. Enquanto, indo para o sul, em Ugento, se encontram as praias de Torre Mozza e Torre San Giovanni. Antes de chegar em Santa Maria di Leuca, na Marina di Salve, a praia de Pescoluse é conhecida como as Maldivas do Salento.

Todavia, no interior, Nardò, um dos símbolos do barroco Leccese, foi um importante centro bizantino. Em Galatina, veja os afrescos da Basílica de Santa Caterina d’Alessandria. Presicce e Specchia possuem dois dos mais belos centros históricos da Itália.

 

Brasil na Puglia - Taranto: a cidade dos dois mares - Castello Aragonese e il Ponte Girevole

Roteiro de 5 dias na Puglia – Salento: 4° Dia – Taranto

O Museo Nazionale Archeologico di Taranto, MArTA, conta a história de Taranto, Taras, a única colônia espartana fora da Grécia. A Cidade dos Dois Mares é dividida pela ponte giratória que liga a cidade nova à Taranto Vecchia.

Nos arredores de Taranto, conheça o Parco delle Dune di Campomarino, em Maruggio; as praias de Marina di Ginosa e Castellaneta Marina; a capital do vinho Primitivo, Manduria; o bairro da cerâmica, em Grottaglie; e a cidade imperial de Francavilla Fontana.

 

Brindisi e a Via Ápia

Roteiro de 5 dias na Puglia – Salento: 5° Dia – Brindisi

Brindisi foi um importante porto comercial, entre o ocidente e oriente, ligado à capital do império romano pela Via Appia. A rainha de todas as estradas termina na orla Regina Margherita onde estão as Colunas Romanas e a Escadaria Virgiliana.

Nas redondezas, conheça o barroco pugliese de Mesagne; a praia de Torre San Leonardo, no litoral de Ostuni, a Cidade Branca, e a Reserva Marinha de Torre Guaceto, em Carovigno. Enquanto, na fronteira entre a Terra di Bari e o Salento, estão as ruínas de Egnazia e a praia de Torre Canne, em Fasano.

 

Como chegar

Enfim, o Aeroporto de Brindisi, também chamado de Aeroporto do Salento, está a 40 km de Lecce. Certamente, este é o melhor aeroporto. Contudo, se você chegar pelo Aeroporto de Bari, pegue um carro e siga as indicações para Brindisi-Lecce. A partir de Lecce, pegue a SS101 para Gallipoli e Santa Maria di Leuca; a SS16 para Otranto; e a SS613 para Brindisi. De Brindisi pegue a SS7 para Taranto, mas se partir de Bari, pegue a SS100.