Os italianos vão aos bares para beber café mais de uma vez por dia. O café na Itália (e na Puglia) é um modo de socializar e por isso faz parte da cultura dos italianos. Aqui listo alguns tipos de café que você precisa degustar na sua viagem pela Puglia, no sul da Itália.

 

Café na Itália (e na Puglia): Caffé Espresso e Cappuccino

O Caffè Espresso é o clássico café italiano: denso e concentrado servido em uma pequena xicara. Na Itália é o café mais consumido, seja em casa seja no bar. Todavia, se você quiser um café espresso, peça apenas um café ou um Caffè Corto. Entretanto peça uma Caffé Doppio se você quiser uma dose dupla (duas xícaras de café em uma). O Caffé Ristretto é um espresso (ainda mais) concentrado. Enquanto o Caffè Longo tem mais água, porém mais cafeína. No Caffé Macchiato se adiciona um pouco de leite (uma mancha) no espresso, enquanto no Caffé Schiumato o leite tem muita espuma.

O Cappuccino é um café espresso servido, principalmente, no café da manhã em uma xícara grande com leite, espuma e, se quiser, cacau ou canela em pó. O Cappuccino Freddo é o café espresso com gelo e espuma de leite. O Espressino é um mini cappuccino típico da Puglia servido num copinho ou em uma xicara de vidro em qualquer hora do dia. Enquanto o Espressino Freddo é o creme de café servido como um sorvete.

 

Caffé al Ghiaccio, Leccese e Brasiliano

Típico do verão na Puglia, o Caffè al Ghiaccio é o café espresso em um copinho com cubos de gelo. Em Lecce, no Salento, uma variante é o Caffé Leccese ou Salentino com leite de amêndoas e gelo. O Caffé Shakerato é um espresso agitado com gelo na coqueteleira.

O Caffelatte é o café espresso em uma xicara grande com muito leite. O Latte Macchiato é um copo alto de leite com adição de um café espresso.

O Caffé Corretto é um café espresso com uma pequena dose de bebida alcoólica, por exemplo a grappa. Por fim, o Caffè Brasiliano que aqui é um mix de café, leite, cacau e Baileys.