O clima durante o inverno na Puglia não é tão rígido e a neve muda a paisagem da região.

Embora a Puglia seja lembrada como um destino de verão, a região também promove o turismo na região nos períodos mais frios. Certamente não é possível tomar banho de mar, mas o interior pode oferecer ótimas experiencias, principalmente, enogastronomicas.

No hemisfério norte, o solstício de inverno, no dia 20 ou 21 de dezembro, marca o início da estação invernal com o dia de menos horas de luz e a noite mais longa do ano.

Na Puglia, no sul da Itália, o inverno não é tão rígido como, por exemplo, na Lombardia. As temperaturas nas cidades litorâneas não chegam a ser negativas, mas a umidade pode ser alta. Enquanto no interior da região as temperaturas são bem mais baixas. As chuvas são frequentes e abundantes no fim de outono e no inverno, nos meses de dezembro e janeiro. Clique aqui para saber 5 coisas que você pode fazer na Puglia durante o inverno.

 

Inverno na Puglia com neve em Bari

O inverno na Puglia com neve

O inverno na Puglia com neve é causado, principalmente, pelas correntes congelantes da Sibéria que chegam à Itália, particularmente, no Adriático e alteram o clima de toda a região. Além do vento e da tempestade, as correntes frias que vem do Norte trazem a neve para muitas cidades mudando a paisagem e revelando uma outra beleza, mas também alguns problemas.

No Salento, é raro ver neve no litoral de Gallipoli, Otranto, Brindisi e Taranto, mas no interior é muito comum, por exemplo, AlberobelloConversanoGravina in Puglia e Andria. A neve pode chegar até 30 cm de altura, por exemplo, em Vieste e Monte Sant’angelo, nel Gargano, em Biccari e Bovino, nas Montanhas da Daunia. O Tavoliere delle Puglie não é uma zona que sofre muito com as nevadas.

 

Inverno na Puglia com neve em Altamura (BA)

Problemas com a neve

No entanto, a beleza da neve na Puglia traz muitas dificuldades para a região que tem naturalmente uma vocação para o turismo de verão. Com a chegada de uma frente fria e de neve na Puglia muitos voos podem ser cancelados ou transferidos. A presença de gelo no asfalto dificulta ou interrompe o tráfego no centro das cidades e nas estradas. Da mesma forma, muito trens regionais e inter-regionais se atrasam ou são cancelados.

Enfim, aproveite para registrar esses momentos, porque não sabemos como será o próximo inverno.