Todos sabem que Roma é a Cidade Eterna e o maior museu a céu aberto do mundo, principalmente, porque a maioria dos sítios arqueológicos está no centro urbano, juntamente com parques, museus e monumentos. Roma não foi construída em um dia, mas aqui proponho o itinerário Roma em 1 dia. Por isso, calce o par de tênis mais confortável que tiver, porque é para conhecer Roma a pé. O tempo é curto, mas existem muitas atrações para ver, mesmo de passagem.

 

Roma em 1 dia: Fontana di Trevi e Piazza di Spagna

A Stazione Termini é o ponto de partida do roteiro Roma em 1 dia, por exemplo, para quem vem de Bari. Saia da estação em direção à Piazza della Repubblica, que fica em frente à Basílica de Santa Maria degli Angeli e dei Martiri. Pegue a Via Nazionale, uma das principais ruas de Roma, e vire à direita na Via della Consulta. Caminhe até a Piazza del Quirinale, onde estão a Fontana della Dioscure e o Palazzo del Quirinale, a residência oficial do Presidente da República Italiana.

Desça a escadaria da Piazza del Quirinale e siga pela Via della Dataria e vire à direita na Via di San Vicenzo para chegar à Fontana di Trevi. Portanto aproveite para jogar uma moeda na água de costas para a fonte mais famosa do mundo para retornar a Roma. Saia da Piazza di Trevi pela Via delle Muratte e vire à direita na Via del Corso, uma das ruas comerciais mais tradicionais da cidade. Siga pela Via del Corso passando pela Piazza Colonna (de Marco Aurélio), sede da Presidência do Conselho de Ministros. Vire à direita na Via dei Condotti até chegar à Piazza di Spagna, com a Fontana della Barcaccia de Bernini e a escadaria que leva até a Piazza della Trinità dei Monti.

 

Roma em 1 dia: Vaticano

Da Via del Balbuino caminhe até a Piazza del Popolo, uma das praças mais populares, principalmente pelos shows e eventos políticos. Entretanto, suba a rua lateral Viale Gabriele D’Annunzio para chegar a um dos mirantes de Roma, o Terrazzo Pincio. Volte e saia da praça pela Via di Ripetta até a Via dell’Ara Pacis, onde está o Museu Ara Pacis Augustae. Percorra o Tevere até a Ponte Sant’Angelo em frente ao Castelo Sant’Angelo, também conhecido como Mausoléu de Adriano. Siga a Via della Conciliazione até a Basilica di San Pietro no Vaticano. Percorra as colunas da direita da Piazza San Pietro e caminhe em torno da muralha da Cidade do Vaticano para chegar aos Musei Vaticani.

 

Piazza Navona e Pantheon

Retorne à Piazza San Pietro para retomar a Via delle Conciliazione e cruze o Tevere pela Ponte Vittorio Emanuele II. Siga o Corso Vittorio Emanuele II e vire à direita na Via dei Baullari para chegar ao Campo de’ Fiori com a estátua de Giordano Bruno, uma praça onde de manhã tem uma feira e à noite se torna um ponto de encontro de jovens. Enquanto do outro lado do Corso Vittorio Emanuele II, vire na Via della Cuccagna para chegar à Piazza Navona (onde fica a embaixada do Brasil). A praça é um símbolo da Roma barroca. Por exemplo, a Fontana dei Quattro Fiumi di Bernini. Saia da praça pela Via Agonal, atravesse o Corso del Rinascimento e pegue a Via del Salvatore e Via Giustiniani até o Pantheon, um templo dedicado a todas as divindades, na Piazza della Rotonda.

 

Colosseo

Saia da praça pela Via della Rotonda e Via di Torre Argentina até a área arqueológica do Largo di Torre Argentina. Continue pela Corso Vittorio Emanuele II até a Piazza del Gesù e siga pela Via d’Aracoeli até a praça com o mesmo nome. Uma escadaria, à direita, leva à Piazza del Campidoglio, reformada por Michelangelo Buonarroti, que possui a estátua de Marco Aurélio, os Musei Capitolini e a sede do Município de Roma. Enquanto a outra escadaria leva à Basilica di Santa Maria in Aracoeli. Contudo, ao lado está o Altare della Patria ou Monumento Nacional a Vittorio Emanuele, na Piazza Venezia.

Passe em frente ao Altare della Patria para chegar à Colonna Traiana que celebra a conquista da Dácia, hoje Romênia. A Via dei Fori Imperiali percorre as ruínas monumentais, por exemplo, dos fóruns de César e Augusto até chegar ao Colosseo, o maior anfiteatro do mundo. Pegue a Via di San Gregorio a partir da Piazza dell’Arco di Costantino e vire à direita na Via dei Cerchi para percorrer todo o Circo Massimo até a Piazza della Bocca della Verità. Na Igreja de Santa Maria in Cosmedin os turistas colocam a mão dentro da Bocca della Verità para confirmar a fidelidade do seu parceiro.

 

Mirantes e Trastevere

Saia da igreja e vire à esquerda seguindo o Tevere até um pequeno portão de ferro. Suba as escadas para chegar ao Giardino degli Aranci, outro mirante de Roma. A poucos metros dali, na Piazza dei Cavalieri di Malta, é possível ver a cúpula da Basilica di San Pietro, mas pelo buraco da fechadura de um portão.

Volte ao Tevere em direção a Bocca della Verità. Atravesse o Tevere pela Ponte Palatina, em frente a Bocca della Verità, e caminhe ao longo do Tevere pelo Lungomare Raffaello Sanzio até à Ponte Sisto. A Piazza Trilussa é a porta de entrada do Quartiere Trastevere, um dos bairros mais característicos de Roma, principalmente à noite! Portanto caminhe pela Via del Moro para chegar à Piazza Santa Maria in Trastevere a praça principal do bairro.

Por fim, da Piazza Santa Maria in Trastevere pegue a Via della Paglia, vire à direita no Vicolo della Frusta e suba as escadas no fim da rua. Vire à direita na Via Garibaldi e suba a Via di Porta S. Pancrazio (as escadas também). Vire à direita na Passeggiata del Gianicolo e siga em frente até a Piazzale Giuseppe Garibaldo para acabar o roteiro com uma belíssima vista panorâmica de Roma.

 

Como chegar em Roma

De Bari, a melhor opção é com Trenitalia que parte de Bari Centrale e chega na Stazione Termini, no centro de Roma. O Frecciargento custa entre 60 e 80 euros e a viagem dura, aproximadamente, 4h30min. Certamente, de carro é mais barato se a viagem for em grupo, mas no centro de Roma o tráfego é proibido ou realmente um caos.


Região: Lazio
Cidade: Roma
Habitantes: 2.800.000
Mapa