Barletta, a Città della Disfida e uma das Città d’Arte da Puglia (Apúlia), é uma das capitais da Província de Barletta-Andria-Trani. Famosa pelo Castelo de Barletta, residência do Imperador Frederico II, em época romana, Barletta foi o porto de Canosa di Puglia. No entanto, Barletta possui uma forte ligação com o Oriente e, principalmente, com a Terra Santa, porque era passagem para as cruzadas e para peregrinos que partiam em direção à Terra Santa.

 

O que ver além do Castelo de Barletta

O Castello de Barletta foi residência do Imperador Frederico II do Sacro Império Romano-Germânico e transformada em fortaleza por suábios, angevinos e aragoneses. Sede do Museo Civico o castelo conserva o único busto existente do imperador. A Porta Marina é a única porta da antiga muralha que protegia a cidade. Ao lado do castelo, na Via del Duomo surge a Cattedrale Santa Maria Maggiore, um dos poucos exemplos de basílica palatina na Puglia. No entanto, a Basilica del Santo Sepolcro e, ao lado, o Hospital dos Peregrinos eram uma parada “obrigatória” para os peregrinos e cavaleiros que iam e vinham da Terra Santa. Enquanto a Chiesa di Nazareth, por 500 anos, foi a arquidiocese de Nazaré, em Barletta, depois das derrotas dos cruzados.

 

Localizado no Corso Vittorio Emanuele, o símbolo da cidade é, certamente, o Colosso de Barletta, uma estátua de bronze chamada pelos cidadãos de Imperador Eraclio, mas na verdade é o Imperador do oriente, Teodósio II. O Teatro Curci em estilo neoclássico é chamado de pequeno Teatro San Carlo, porque foi projetado no modelo do teatro de Napoli.

 

O Palazzo della Marra é o único exemplo do barroco de Lecce fora do Salento. O edifício abriga mais de 200 obras do pintor impressionista Giuseppe De Nittis. A Cantina della Disfida é o lugar onde nasceu o duelo entre franceses e italianos pelo o domínio da Capitanata com a vitória dos italianos.

 

Nas redondezas

Por fim, em direção a Andria, a 9 km de Barletta, o Parco Archeologico di Canne della Battaglia foi onde os romanos sofreram uma das maiores derotas da história contra os cartagineses, liderados por Aníbal, na Segunda Guerra Púnica. Enquanto o Antiquarium conta a história dos povoados das margens do Rio Ofanto, o mais longo da Puglia é a fronteira norte da Terra de Bari,.


Província: Barletta-Andria-Trani
Habitantes: 95.000
Mapa